croche.jpg

Hobby pra vida

 

Confira esses 12 benefícios do crochê para a saúde!  

 

 

 

 

1. Melhora a concentração 

 

 

As atividades manuais demandam muita concentração e atenção, e com o tempo, esse hábito faz com que você consiga ter muito mais foco, tanto na prática como em outras esferas da vida. Ou seja, é ideal para quem tem dificuldades ao se concentrar ou para momentos que estiver muito agitado e ansioso. Você entra em um mundo onde esquece de todo o resto, podendo se concentrar até mesmo em pé, esperando por um metrô.  

 

 

 

 

 

 

 

2. Reduz o estresse 

 

 

A química do cérebro se transforma durante – e após – o ato de crochetar. Nesse sentido, além de diminuir os hormônios que causam estresse, ao realizar a atividade os níveis de serotonina e dopamina aumentam. Esses hormônios são responsáveis pelas sensações de bem-estar e prazer, ou seja, você sai leve, satisfeito e feliz após dedicar um tempinho para as suas criações.  

 

 

Além disso, entramos em um mundo à parte devido a concentração necessária, esquecendo de tudo ao redor, inclusive os nossos problemas. 

 

 

 

 

 

 

 

3. Você fica mais relaxado 

 

 

Crochetar é repetir movimentos e você sabia que isso ajuda a acalmar o coração e a baixar a pressão sanguínea? Logo, a nossa sensação de conforto e relaxamento aumentem.  

 

 

 

 

 

 

 

4. Visão acurada 

 

 

A prática ainda requer um exercício nos olhos, fazendo que com o passar do tempo, a acurácia (exatidão) da visão melhore. Além disso, lubrifica mais os olhos, o que evita problemas de cataratas e até a degeneração desse órgão tão essencial.  

 

 

 

 

5. Autoestima lá em cima 

 

 

Ser capaz de criar algo do zero traz uma sensação de prazer e orgulho muito grande. Gera um sentimento de dever cumprido e a noção de que existe espaço para se expressar, o que ajuda a aumentar a nossa autoestima. Seja como for, nos sentimos produtivos e úteis, o que ultrapassa os limites do crochê, mudando a nossa forma de nos enxergar.  

 

 

 

 

6. Estimula a criatividade 

 

 

Fazer arte é um eterno estimulo a esta habilidade. Poder criar e imaginar peças, misturar cores, pontos e formatos, faz com que a cada etapa adquira mais repertório e se torne cada vez mais criativo, tanto para o crochê, como para a vida.  

 

 

 

 

 

 

 

7. Ideal para crianças 

 

 

A prática do crochê além de ser muito divertida, podendo entreter e trazer todos os benefícios para a saúde já citados, estimula o desenvolvimento psicomotor, responsável principalmente pelas capacidades motoras e intelectuais. Essas habilidades são essenciais para a vida de qualquer ser humano e o aumento dessas capacidades começa na infância.  

 

 

É por isso, que diversas escolas já incluem o crochê na grade curricular, como é o caso da pedagogia Waldorf, que foi criada na Alemanha, mas já está presente em mais de 60 países. Dentre as diversas diferenças presentes em sua metodologia, a inclusão das artes manuais e do crochê está presente em sua grade curricular. Se quiser saber mais sobre essa educação humanista que já foi indicada até pela Unesco, acesse aqui.  

 

 

 

 

 

 

 

8. Pode ajudar a diminuir a depressão 

 

 

Como você pode observar nos itens anteriores, há diminuição do estresse, maior relaxamento e aumento da autoestima, nesse sentido, tudo isso ajuda a diminuir a ansiedade, podendo ajudar até mesmo em alguns casos de depressão.   

 

 

Principalmente para os praticantes mais velhos, o crochê pode ser um estímulo de um novo propósito de vida e oportunidade de criação de novos laços de afeto por meio da prática. Mas isso não é exclusivo para a terceira idade, apenas é mais comum, mas a prática pode ter essa significação em todas as idades, e este é um fator que pode ajudar a diminuir a depressão em muitos casos.  

 

 

9. Previne doenças degenerativas 

 

 

Por manter o cérebro ativo, inclusive demandando relações matemáticas, crochetar exige concentração, raciocínio e coordenação motora, o que ajuda a prevenir doenças como Alzheimer e Parkinson.  

 

 

 

 

 

  •  

    Fonte: Gazeta Online 

 

 

 10. Quebra barreiras e preconceitos 

 

 

Ainda há muita diferença entre as criações de homens, mulheres e entre as gerações, no entanto, uma forma de quebrar barreiras e mostrar que não existem atividades específicas para um gênero ou idade, é por meio do crochê.  

 

 

Uma vez que, quando um homem é visto com uma agulha e fios, ou quando mulheres jovens estão criando com as mãos, a sociedade estranha, questiona. Com isso, podemos abraçar bandeiras de que tais diferenças não existem e que seja quem você for, essa arte também pode ser para você.  

 

 

 11. Ajuda a passar por momentos difíceis 

 

 

Atualmente, vivemos algo que não esperávamos e mudou a nossa vida completamente: uma pandemia. Temos que lidar com o desconhecido, ficamos ansiosos e temos mais tempo do que nunca, e às vezes nem se quer sabemos o que fazer com ele.  

 

 

Durante essa crise, saiu uma matéria na Globo, mostrando como o crochê foi uma forma de lidar com tudo isso, como é bom para a saúde mental e, ainda, uma forma de ganhar um dinheiro extra.  

 

 

Se você quiser conferir as reportagens, assiste aqui e nesse link também.  

 

 

Esse foi um exemplo para o momento atual do qual todos estamos lidando, mas vale para qualquer fase da vida e em inúmeras dificuldades que aparecem no decorrer dela, o crochê, pode sempre ser seu fiel aliado.  

 

 

12. Tudo de bom e ainda pode ser a sua fonte de renda 

 

 

Atualmente, está voltando a ser valorizado o que é feito à mão, o artesanal, o handmade. E peças em crochê são itens que nunca saem de moda e TODO MUNDO TEM pelo menos uma peça. Assim sendo, são várias as oportunidades no mercado para quem quer viver da sua arte. E trabalhar com o que a gente ama influencia diretamente na nossa saúde também.

 https://hotm.art/2TLK3Dhz